Missão

Ser um centro de apoio aos empresários como referência na aplicação de soluções, provendo a organização do suporte necessário para a tomada de decisões estratégicas.

Visão

Prover o empresário do respaldo jurídico necessário, a fim de antecipar possíveis problemas, visando a tomada de decisões mais acertadas, conduzindo-o ao crescimento da sua empresa, baseado em fortes alicerces.

Valores

Integridade
Atitude/Proatividade
Prevenção/Antecipação
Prognose
Persistência/Solidez
Excelência no atendimento

A Galvão e Freitas Advogados desde 2003 assessora juridicamente as empresas em seu desenvolvimento, visando evitar os riscos legais e defendo seus direitos.

Por força da competição acirrada no mundo dos negócios, é imprescindível a utilização de ferramentas eficazes de controle e avaliação de todas as áreas e processos de trabalho empresarial. Reduzir e, se possível, eliminar a possibilidade de erros e fraudes é muitas vezes sinônimo de sobrevivência empresarial. A advocacia preventiva contribui significativamente para este contexto.

Os maiores sucessos empresariais possuem seu crescimento pautado em sólidas instruções jurídicas devidamente planejadas. E isso só é possível através de uma consultoria jurídica empresarial que prime pela advocacia preventiva.

A advocacia consultiva empresarial especifica ações de prevenção de riscos em diversas áreas, como por exemplo, a área trabalhista, tão pródiga em problemas e pontos críticos capazes de gerar passivo trabalhista.

A terceirização de serviços administrativos, financeiros, contábeis, gerenciais, de pessoal e até de processos é uma tendência irreversível no mundo dos negócios. Mas as empresas devem estar preparadas para evitar que uma solução aparentemente racional transforme-se numa fonte de contingências. Neste aspecto, a assessoria jurídica empresarial faz o diferencial capaz de reduzir drasticamente os riscos do negócio, pois o empresário que conta com uma advocacia preventiva empresarial à sua disposição tem condições desenvolver soluções jurídicas inovadoras que permitirão o planejamento estratégico da empresa de um modo amplo, a fim de dirimir dúvidas, traçar planos de atuação e defesa, tanto na esfera administrativa como na judicial.

A Galvão e Freitas Advogados disponibiliza às empresas advocacia preventiva empresarial, quer sejamadvogados focados na área trabalhista empresarial cujo destaque são a advocacia consultiva ou preventiva, quer sejam advogados com a expertise na recuperação de crédito e insolvência, fazendo a cobrança judicial erecuperação do crédito empresarial. Esses dois enfoques permitem o controle da empresa, evitando desperdícios com erros e fraudes na esfera trabalhista e permitindo um equilíbrio no caixa da empresa, através da recuperação de crédito por meio da cobrança judicial.

A advocacia empresarial oferecida pela Galvão e Freitas Advogados, além de seu aspecto preventivo ou consultivo, também se caracteriza pela advocacia contenciosa, ou seja, quando o litígio foi instaurado na esfera judicial.

Após o ajuizamento de uma reclamação trabalhista contra si, a empresa deve observar os cuidados específicos na sua representação frente ao Judiciário. Sabe-se que a documentação a ser apresentada na defesa trabalhista é importantíssima, mas há aspectos fáticos do cotidiano ou do dia-a-dia da empresa que só são possíveis de comprovar em audiência trabalhista, por isso, a capacitação do preposto que a representará e a escolha das testemunhas são fundamentais neste processo a fim de evitar e minimizar riscos trabalhistas.

Enganam-se aqueles empresários que pensam que somente grandes empresas necessitam de uma advocacia preventiva empresarial. Se o pequeno empresário contar com assessoria jurídica empresarial e efetivamente utilizar deste serviço, tem mais chance de crescer, pois tomará decisões mais acertadas e adotará os passos mais corretos para o crescimento da empresa. Estará um passo a frente de seus concorrentes.

Quantos empresários já não firmaram contratos com cláusulas prejudiciais? Quantos já não sofreram com consequências de demissões trabalhistas mal conduzidas? Quantos não serviram de fiadores ou avalistas sem saber os efeitos danosos deste ato? Quantos já não assinaram contratos de locação sem saber ao certo as obrigações a que se comprometeram? Quantos já efetuaram pagamentos sem receber qualquer recibo?

A advocacia preventiva empresarial poderá mesmo impedir o surgimento de demandas judiciais, evitando o desgaste das partes envolvidas, e mesmo as pesadas custas judiciais a que todos estão sujeitos. Mais do que isso, evitaria recorrer à justiça, cujo resultado é incerto e lento.